ACESSE SUA CONTA CORRENTE
INSTITUCIONALAGÊNCIAS DE ATENDIMENTOPRODUTOS E SERVIÇOSINFORMAÇÕES FINANCEIRASCOMO ACESSAR
ASSOCIE-SENOTÍCIASEVENTOSLINKS RELACIONADOSVITRINE DO COOPERADOTRABALHE CONOSCOOUVIDORIAFALE CONOSCO
Produtos e Serviços
  • Boletos Bancários
  • Cartões de Crédito
  • Domicílio Bancário Cartão de Crédito
  • Cheque Especial
  • Cobranças
  • Consultoria em Seguros
  • Desconto de Cheques
  • Desconto de Duplicatas
  • Débito Automático
  • Linhas de Crédito
  • Investimentos
  • Vitrine do Cooperado
  • Conta Garantida PJ
  • Malote
  • Sala do Cooperado


• Sobre o Sicoob Credicopa
• Sobre o Bancoob
• Sobre o Sicoob
• Estatuto Social
• Estrutura
• Cooperativismo
• Video Institucional
SOBRE O BANCOOB

O BANCOOB é um banco comercial especializado no atendimento às cooperativas de crédito que compõem o SICOOB - Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil.

• MISSÃO
"Prestar serviços de natureza financeira, operacional e consultiva ao SICOOB - Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil, suportados na sua organização e nos seus recursos humanos e tecnológicos, com vistas ao fortalecimento do Sistema."


• OBJETIVOS
- Fortalecer o SICOOB.
- Propiciar autonomia operacional e financeira ao SICOOB.
- Concorrer para a integração do SICOOB.
- Contribuir para o aperfeiçoamento da profissionalização do SICOOB e para a racionalização de seus processos operacionais.
- Gerar recursos para o SICOOB.
- Evitar que os recursos do SICOOB migrem para outras instituições financeiras.
- Aumentar a capacidade de alavancagem financeira e o potencial operacional do SICOOB.
- Contribuir para o desenvolvimento econômico do Sistema e do seu quadro de associados.
- Ser auto-suficiente economicamente, financeiramente e promover maior rentabilidade nas aplicações financeiras.


• ATIVIDADES
- Desenvolver e disponibilizar, para as cooperativas, produtos e serviços que, por questões legais ou de escala, não podem ser viabilizados diretamente pelas cooperativas singulares.
- Rentabilizar a liquidez do Sistema no mercado financeiro.
- Permitir o acesso das cooperativas de crédito aos programas de repasses de recursos governamentais.


• O BANCOOB E AS COOPERATIVAS DE CRÉDITO

As Cooperativas de Crédito são instituições financeiras pertencentes ao Sistema Financeiro Nacional e controladas pelo Banco Central. São de propriedade coletiva, democraticamente administradas e têm como dirigentes pessoas do seu quadro social. No entanto, não têm acesso à Câmara de Compensação, à Reserva Bancária e ao Mercado Interfinanceiro. Sendo assim, para operarem, necessitam de um banco comercial como parceiro.

Essa é a razão principal pela qual foi criado o BANCOOB. Após a sua constituição, as Cooperativas de Crédito passaram a ter, sobretudo, produtos e serviços adequados a sua realidade, autonomia operacional, custos mais baixos e melhores serviços.

As Cooperativas de Crédito, no entanto, não são e não desejam ser banco. Ao contrário, fazem questão de ser cooperativas, para que não percam esse importante diferencial. O BANCOOB, com efeito, não substitui as Cooperativas, nem com elas compete.

Os cheques utilizados pelos correntistas das Cooperativas de Crédito têm, como sacados, as próprias Cooperativas de Crédito Singulares e não o BANCOOB.

Não altera, em nenhuma hipótese, essa afirmativa: o fato de que, dentro do permitido pelo Banco Central, o BANCOOB realize, por convênio, a compensação dos cheques das Cooperativas de Crédito que com ele operam; a citação, nos cheques, por essa razão, do número de compensação do BANCOOB; a confecção do talão pelo BANCOOB; e a citação, ainda, do nome da cooperativa nos cheques. Vale, ainda, ser ressaltado: as cooperativas recebem números códigos, chamados "agências", para identificá-las junto à Câmara de Compensação e viabilizar o trânsito de cheques de seus associados; quem fornece o talão de cheques para o correntista (associado) é a Cooperativa de Crédito e não o BANCOOB; quem responde pela sua devolução, por qualquer motivo, também é a Cooperativa Singular e não o BANCOOB; quem é responsável pelo seu pagamento, em espécie (no caixa) ou por intermédio da Câmara de Compensação, é da mesma forma a Cooperativa Singular.

As Cooperativas de Crédito do SICOOB utilizam, por meio de convênio, os serviços prestados pelo BANCOOB, mas não são uma "rede de agências do BANCOOB". O BANCOOB tem, com as cooperativas do SICOOB, uma ligação operacional.

Mas tanto o BANCOOB como as Cooperativas Centrais e Singulares são instituições, jurídicas, completamente independentes.

O BANCOOB não interfere nas questões jurídicas, administrativas e políticas das Cooperativas. Não interfere, ainda, no relacionamento e na responsabilidade da Cooperativa de Crédito com os seus sócios e/ou funcionários.

Clique aqui e confira a relação de Cooperativas de Crédito conveniadas ao Bancoob.


• HISTÓRICO

O BANCOOB obteve autorização de funcionamento do Banco Central em 2 de julho de 1997. Completou sua diretoria em 28 de julho de 1997, quando configurou as bases da sua organização e começou, de fato, a sua gestão administrativa. Iniciou suas atividades operacionais em 1º de setembro de 1997, fazendo em 3 de outubro de 1997 suas primeiras operações com as Cooperativas Centrais e Singulares integrantes do novo sistema.

O modelo de funcionamento do Banco Cooperativo do Brasil S/A - BANCOOB - foi concebido sobre bases conceituais, estruturais e filosóficas sólidas e profundas. Os debates envolveram a participação de diversas lideranças do Cooperativismo de Crédito que, posteriormente, constituíram o Banco.

A articulação e integração dos diversos Sistemas Cooperativos de Crédito Regionais, que pretendiam criar o BANCOOB, culminaram na institucionalização do SICOOB - (Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil). Por meio deste Sistema, agem, coordenadamente, Confederação(Sicoob Brasil), Cooperativas Centrais, Cooperativas Singulares e o BANCOOB.

O BANCOOB, como instituição prestadora de serviços operacional e financeiro às Cooperativas Centrais de Crédito e de suas filiadas, administra a disponibilidade do SICOOB. Por meio do BANCOOB, a liquidez do sistema é rentabilizada no mercado financeiro, além de permitir o acesso das Cooperativas de Crédito aos programas de repasses de recursos governamentais e a futuros parceiros internacionais. O Banco também presta, através das Cooperativas de Crédito, aos seus associados, toda a gama de serviços bancários de que eles necessitam, proporcionando seu objetivo de autonomia operacional.